|
|
|
|
|
|
|
|
 
 
   Você está em:
 Dicas Úteis
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
TRABALHOS
 
ABRIR SEU PRÓPRIO NEGÓCIO

Há dez anos atrás era raridade um brasileiro ter seu próprio negócio. Hoje, com mais de 200 mil brasileiros morando em Londres, tem uma empresa verde amarela em cada canto que você procurar.

 

Isso porquê os requisitos básicos para a abertura de uma empresa no Reino Unido são simples, só é preciso vontade, espírito empreendedor e paciência para o processo burocrático.

 

Você pode contratar um especialista ou tentar fazê-lo você mesmo.

 

As agências especializadas em abrir empresas podem oferecer assessoria e, na maioria dos casos, prestam outros serviços como contabilidade.

 

Esta é uma boa opção para quem não está familiarizado com as leis empresariais da Inglaterra. Por outro lado, é cobrada uma taxa pelo serviço e você descobrirá que, com um pouquinho de pesquisa, você mesmo pode abrir sua empresa e aprender todo o processo.

 

Só para começar, é bom saber que brasileiros podem montar negócios no Reino Unido ou abrir o que eles chamam por aqui de limited company, já que não há nenhuma restrição quanto a nacionalidade.

 

Mas é necessário que pelo menos duas pessoas estejam envolvidas no processo de abertura já que toda empresa deve ter no mínimo um diretor (o proprietário) e um secretário. O diretor geralmente exerce funções gerenciais e o secretário, principalmente em pequenas empresas, não precisa ter responsabilidades específicas e qualquer pessoa pode qualificar para a função.

 

Não há restrições de idade, apesar de que o Companies House,
órgão que regulariza o funcionamento de empresas e no qual é obrigatório registrá-las, aconselha que o diretor da empresa não tenha menos do que 16 anos.

 

O outro requisito para a abertura de uma empresa é emitir no minimo uma ação no valor de £1. Também é preciso providenciar um endereço para a sua empresa, uma conta bancária empresarial e um nome para ela. Mas cuidado! O fato de registrar o nome da sua empresa com o Companies House não impede que ele seja usado por outras empresas. Para evitar que isso aconteça, deve-se procurar o Patent Office, que assegura a exclusividade de uma marca registrada.

 

Um dos grandes benefícios de abrir a própria empresa no Reino Unido são as vantagens fiscais: As primeiras dez mil libras que se faz por ano não precisam pagar imposto alem do Reino Unido ser um dos países com um dos menores tributos fiscais, em torno de 30%, mas que são aplicados somente sobre o lucro, depois de terem sido descontados todos os gastos da empresa.

 

Sem falar que você não precisa se registrar para o VAT até o seu rendimento anual ultrapassar as £64,000.

 

Um outro benefício é que, no Reino Unido, bens pessoais jamais podem ser confiscados para pagamento de dívidas das empresas. Se a sua companhia deve dinheiro, isso não quer dizer que você pessoalmente deva dinheiro. A empresa existe como um entidade completamente separada da pessoa que a comanda. Se você tiver bens, como uma casa ou carro, eles estão protegidos, desde que você não tenha cometido fraude ou agido de forma negligente.

 

Porém, é preciso ser cuidadoso com a contabilidade da empresa e prestar bastante atenção ao preenchimento de formulários, que seguem padrões bem rígidos.

 

Não vale a pena usar o ‘jeitinho brasileiro’ nos negócios porque aqui isso não funciona. A lei exige que você siga todos os requisitos e a fiscalização é rigorosa.

 

Existem outras opções para quem sonha trabalhar por conta própria ou ser self employed. Uma delas é formar uma limited liability partnership, o que estaria no meio do caminho entre ser self-employed e ter uma limited company. Se duas ou mais pessoas estão planejando oferecer algum tipo de serviço às vezes é mais simples do que abrir uma limited company.

 

O telefone tira-dúvidas dos autônomos é o 08459 15 45 15 e o website é www.hmrc.gov.uk/selfemployed 

Outras dicas sobre TRABALHOS:
 
 
 
             
|
|
|
|
|
|
|
             
 
 
Portal Achei Londres 2014 - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvimento: